Tempo

  • Um intervalo no calor - Esta Quarta-feira vai ser um dia fresco em todo o país. Vai saber bem como intervalo no enorme calor que tivemos e no que se avizinha. Já vamos ter bastant...
    Há 1 dia

Concelho de Manteigas sem incêndios também depende de si!!!




A maioria das causas conhecidas dos incêndios florestais é de origem humana.

Durante o período crítico é proibido fazer queimas e queimadas. 
O não cumprimento é punível com coimas graduadas até 60 000€ (D.L. n.º 124/2006, de 28/06) 

Tenha em atenção que durante o Período Crítico nos espaços florestais e agrícolas não é permitido(a):
  • Fumar, fazer lume ou fogueiras;
  • Fazer queimas ou queimadas;
  • Lançar foguetes e balões de mecha acesa;
  • Fumigar ou desinfestar apiários, salvo se os fumigadores estiverem equipados com dispositivos de retenção de faúlhas;
  • A circulação de tratores, máquinas e veículos de transporte pesados que não possuam extintor, sistema de retenção de fagulhas ou faíscas e tapa chamas nos tubos de escape ou chaminés.

Em caso de incêndio ligue 112
(chamada gratuita) 



Duzentos jovens bombeiros da Guarda em acampamento distrital no SkiParque - Sameiro



Cerca de 200 jovens bombeiros e elementos do quadro de honra das corporações do distrito da Guarda são esperados no Acampamento Distrital da Juvebombeiro, que é realizado entre hoje e domingo no concelho de Manteigas.

O encontro, promovido pela Federação de Bombeiros do Distrito da Guarda (FBDG) e pelo departamento Juvebombeiro, visa promover o convívio entre os participantes e «fortalecer o espírito de bombeiro».


«Cerca de 150 dos participantes são jovens que vão aproveitar o acampamento para estarem juntos, para conviverem entre si e com os mais velhos», adiantou à agência Lusa o presidente da FBDG, Paulo Amaral.
 

O programa da iniciativa, com sessão de abertura marcada para as 19:00 de hoje, inclui jogos e seminários, entre outras actividades lúdicas e de convívio que fomentam «a proximidade» entre os jovens "soldados da paz" do distrito e os mais velhos, que estão no quadro de honra, após décadas de serviço, observou o dirigente.

«Esta junção entre os elementos dos quadros de honra das associações, que são passado, e os jovens, que são presente e futuro, acaba por ser uma lição de vida», disse.


Segundo o presidente da FBDG, o acampamento que decorre este fim de semana no Parque Sabores Altaneiros, na freguesia de Sameiro, no concelho de Manteigas, na Serra da Estrela, «é um encontro simbólico entre pais e filhos da família dos bombeiros» das 23 corporações do distrito da Guarda.


Paulo Amaral disse ainda à Lusa que apesar de o distrito registar uma redução da natalidade, as corporações de bombeiros locais ainda não conhecem problemas no recrutamento de jovens. «Ainda não se está a sentir muito essa dificuldade. Na próxima década, não sei, mas para já, não. Todas as associações vão abrindo anualmente escolas para a instrução de novos elementos e as pessoas vão aderindo», adiantou.


O dirigente garante que, por agora, todas as corporações de bombeiros do distrito da Guarda «têm gente jovem, mesmo as mais pequenas».


As 23 associações humanitárias têm mais de mil elementos no activo, sendo que «cerca de 35% são voluntários jovens», com idades entre os 18 e os 30 anos, apontou.


Fonte:  Porta da Estrela
 

Rejeitada providência da Câmara de Manteigas para travar obras na estrada ER 338

O Tribunal Administrativo e Fiscal de Castelo Branco rejeitou a providência cautelar da Câmara Municipal de Manteigas que pretendia travar as obras na estrada 338 entre Piornos e Manteigas, anunciou a autarquia.


O presidente da Câmara, José Manuel Biscaia, disse à agência Lusa que o tribunal não aceitou a providência cautelar apresentada, situação que lamenta por considerar que “esperava outro acolhimento”.

Na decisão hoje divulgada, o tribunal reconhece que “assiste alguma razão ao requerente, porém não é fundamento que justifique a concessão da medida cautelar cujo decretamento provisório peticiona”.

“Quanto à possibilidade das requeridas serem intimadas a, até ser proferida a sentença no presente processo cautelar, manter aberta parte da ER 338 (…) durante a execução dos trabalhos da empreitada (…), não se decreta a mesma, por não se revelar, na presente fase, necessária à prevenção de qualquer lesão grave e iminente”, lê-se no documento.

Perante a decisão, o autarca diz que aos eleitos e à população, que também está contra a realização das obras naquela via de ligação à Serra da Estrela, apenas resta “a indignação”.

“Podemos fazer indignação sobre indignação e dizer que somos considerados filhos bastardos de um país”, disse.

O autarca também questiona: “Como é que é possível que uma zona de encravamento como a nossa e que precisa daquela estrada para proprietários agrícolas e empresários, como é que é possível que ninguém tenha em consideração uma terra que vive do turismo?”.

José Manuel Biscaia referiu que a autarquia de Manteigas ainda espera pela decisão relativamente a outra providência cautelar, mas vaticina que, “se calhar, vai ter o mesmo sentido”.

A Infraestruturas de Portugal (IP) está a realizar desde o final do mês de maio uma intervenção de requalificação da ER 338 entre Piornos e Manteigas, na Serra da Estrela.

A autarquia de Manteigas e a população exigem o alargamento da via e estão contra o fecho da estrada durante a realização das obras.

Na terça-feira, o presidente da Câmara esteve reunido com um elemento da IP e foram discutidas algumas propostas relacionadas com a semaforização da estrada (para circulação de veículos pesados em segurança), a criação de uma via alternativa à circulação durante as obras, a antecipação do prazo dos trabalhos e que a ER 338 fosse alargada logo que avançassem o IC6, o IC7 ou o IC37.

O autarca referiu que na quarta-feira à noite o elemento da IP com quem reuniu lhe telefonou a dizer que as propostas tiveram bom acolhimento por parte do presidente do Conselho de Administração da empresa e que enviaria, por correio eletrónico, um memorando que seria assinado, na sexta-feira, entre ambas as entidades.

“Ficou de enviar o memorando e nada. Agora, não sei rigorosamente nada”, lamenta José Manuel Biscaia, que demonstra “indignação” pela situação.

Fonte:  Beira.pt
Foto:  Facebook - Não ao corte da Regional 338

Férias de Verão Manteigas 2015


Inscrições ate dia 24 de Junho....

Facebook - Manteigas - O Coração da Serra da Estrela

Festa de São João – Manteigas 2015


Fonte: Facebook - Banda Boa União - Música Velha, Manteigas

Intenção de antecipar fim de obras em estrada em Manteigas não sossega Câmara

A Infraestruturas de Portugal (IP) admitiu hoje a intenção de antecipar a conclusão das obras de requalificação da estrada 338 entre Piornos e Manteigas, mas a autarquia de Manteigas desvaloriza e alega que “não tem quaisquer efeitos práticos”.


A IP anunciou hoje em comunicado que na terça-feira decorreu uma reunião na Câmara Municipal de Manteigas, durante a qual “informou que deseja antecipar a reabertura da estrada ER 338, reduzindo ao máximo o incómodo causado durante o período de obra”.

“Sendo uma obra que é conhecida da autarquia desde 2012 e reafirmada por diversas vezes, a IP pede a compreensão de todos para que a obra decorra da forma mais rápida possível. Todos beneficiarão com a melhoria das condições de segurança, qualidade da pavimentação e nova sinalização horizontal e vertical”, lê-se na nota.

O vice-presidente da autarquia de Manteigas, José Manuel Saraiva Cardoso, disse hoje à agência Lusa que na reunião foi transmitida a possibilidade de as obras, iniciadas a 27 de maio e com prazo de execução de quatro meses, poderem ser antecipadas.

“Ficámos com essa ideia, que podiam antecipar, mas [uma eventual antecipação] não tem quaisquer efeitos práticos, porque as obras vão decorrer nos meses de junho, julho e agosto, [que registam um maior movimento de visitantes na Serra da Estrela] porque mesmo a anteciparem, no mês de setembro, já não adiantam nada”, explicou.

O autarca disse que no encontro com representantes da IP a autarquia apresentou uma proposta, para ser transmitida ao Conselho de Administração, onde é exigido que “quando avançar o IC6, o IC7 ou o IC37, ou no prazo máximo de cinco anos, até 2020, fazerem também o alargamento da ER 338″.
“Eles [os representantes da IP], a única contrapartida que nos trouxeram foi a de que, depois da intervenção, iriam semaforizar toda a estrada no sentido de informar os veículos pesados quando circulavam na via sem problema”, indicou.

José Manuel Saraiva Cardoso adiantou que no seguimento de uma providência cautelar apresentada pela Câmara, o Tribunal Administrativo e Fiscal de Castelo Branco notificou a IP e o empreiteiro para, no prazo de 48 horas, “se pronunciarem sobre a possibilidade de, até ser proferida a sentença” no processo cautelar, “manter aberta parte da ER 338″.

A IP está a realizar desde o final do mês de maio uma intervenção de requalificação da ER 338 entre Piornos e Manteigas, na Serra da Estrela.

A autarquia de Manteigas e a população exigem o alargamento da via e estão contra o fecho da estrada durante a realização das obras.

Segundo a empresa, a obra representa um investimento de 947 mil euros e tem como objetivo a reposição dos níveis de qualidade e de segurança na circulação.

“A estrada apresenta já sinais de evidente degradação que urge corrigir. Resultado da última inspeção, o seu nível de qualidade foi classificado como Mau, com o indicador de 1,45, sendo que a média de qualidade nas Estradas Nacionais é de 2,9 – Razoável/Bom”, refere a IP no comunicado.

Fonte:  Beira.pt

Festa de São João - SAMEIRO 2015


Pelo segundo ano consecutivo, será feita a festa de São João em Sameiro (no mesmo local que o ano passado)! No Cerro na RUA CAMPO DE FUTEBOL
 
A festa será animada pelo conjunto musical "reflexu's".
 
Haverá serviço de bar e a sardinha será oferta!
Aparece e trás amigos :)
Contamos contigo, animação não faltará!


Caminhada: Vale de Sameiro e Corredor dos Mouros


 Caminhada de São João! 

Dia 27 de Junho, com início em Sameiro e término na Capela de São Lourenço.

Para mais informações contactem para : 927447086 | 963277278 ou diretamente no
Restaurante Sabores Serranos, em Sameiro

Fonte:   Restaurante Sabores Serranos
 

Habitantes de Manteigas exigem solução para estrada na ligação aos Piornos

A ER 338, que faz a ligação entre Piornos e Manteigas, está em obras desde o dia 27 de maio, mas a intervenção não agrada aos habitantes, que contestam o facto de a via estar cortada à circulação automóvel durante a realização dos trabalhos.


Cerca de 150 habitantes e autarcas de Manteigas manifestaram-se esta segunda-feira, na cidade da Guarda, contra as obras de beneficiação da estrada Manteigas-Piornos, na Serra da Estrela, e exigiram uma solução para o problema.

A ER 338, que faz a ligação entre Piornos e Manteigas, está em obras desde o dia 27 de maio, mas a intervenção não agrada aos habitantes, que contestam o facto de a via estar cortada à circulação automóvel durante a realização dos trabalhos.

Hoje, entre as 15:00 e as 16:30, por iniciativa da comissão de munícipes indignados de Manteigas, decorreu uma manifestação na cidade da Guarda, no centro da cidade e junto das instalações da Gestão Regional da empresa Infraestruturas de Portugal (IP), na Guarda-Gare.

Luís Melo, porta-voz do movimento, entregou uma carta aberta dirigida ao presidente do Conselho de Administração da IP, na qual é explicada a situação, é manifestado o descontentamento e é solicitada "uma solução para o problema da [ER] 338".

"Ou o alargamento, que é aquilo que em primeiro lugar desejamos e que é aquilo que nos foi prometido e é aquilo que deveria ser feito, ou em última análise, se isso não for possível, uma solução alternativa é com uma via ascendente e outra com uma via descendente", enquanto decorrem as obras, explicou aos jornalistas.

Na missiva, a que a agência Lusa teve acesso, os habitantes exigem "ser servidos por uma estrada condigna e com perfil que permita uma fluidez de trânsito de pesados e ligeiros sem constrangimentos e com todas as condições de segurança".

A população espera que a reivindicação seja satisfeita pois, caso contrário, o descontentamento não ficará por aqui.

"Estamos a equacionar dirigir-nos ao parlamento e fazer uma manifestação também em Lisboa. Esperemos que não seja preciso, mas se for preciso lá iremos", disse Luís Melo.

O vice-presidente da autarquia de Manteigas, José Cardoso, também presente no protesto, indicou que deu entrada na sexta-feira, no Tribunal Administrativo e Fiscal de Castelo Branco, uma providência cautelar para "cessar o andamento" das obras.

Durante o protesto, os manifestantes exibiram cartazes com mensagens como "Desviados do mundo", "Façam um projeto decente na EN 338. Poupem dinheiro" e "Estão a matar-nos".

Também gritaram as palavras de ordem "Manteigas diz não a esta solução" e "Remendos não, soluções sim".

A IP considerou, em nota divulgada no início deste mês, que o alargamento da plataforma da ER 338, que liga Piornos a Manteigas, é "ambientalmente inadequado e financeiramente insustentável".

"Trata-se de uma estrada de montanha que se desenvolve ao longo do vale glaciar, onde se torna muito difícil, ambientalmente inadequado e financeiramente insustentável, qualquer cenário de alargamento da plataforma, face ao terreno acidentado e ao cenário geológico de elevada instabilidade que é atravessado", referiu a EP em comunicado enviado à Lusa.

Fonte:  SIC Noticias

Fado e Taberna - Teatro


Fonte: Associação de Artes e Património de Manteigas – ACTIVA

Gala dos Campeões 2014 - Federação Portuguesa de Voo Livre



No próximo dia 12 de junho, pelas 19h30, no Auditório do Centro Cívico de Manteigas, a Federação Portuguesa de Voo Livre promove a Gala dos Campeões, com o apoio da Câmara Municipal de Manteigas.
O evento pretende distinguir os pilotos, dirigentes e entidades que mais se evidenciaram no plano desportivo durante o ano de 2014.

Tal como nos anos anteriores, a Gala dos Campeões promove as modalidades desportivas de Voo Livre, homenageando os pilotos campeões nacionais e reconhecendo publicamente os feitos desportivos.

Fonte: C.M.Manteigas


Estradas

Informação da responsabilidade das Estradas de Portugal.
Caso estas informações não estejam actualizadas, consulte o site: www.estradas.pt