Tempo

  • Chuva e Vento toda a semana - Parece que agora chegou o Inverno de forma consistente e vamos ter chuva e vento toda a semana. As nuvens baixas e os nevoeiros vão marcar presença e con...
    Há 2 dias

Venha ao Teatro todo o ano "Criada para todo o Serviço"


Venha ao Teatro todo o ano
Dia 30 de janeiro 2016 - 21:30 horas
Auditório do Centro Cívico de Manteigas

«Criada para todo o Serviço»
Grupo de Teatro da BBU

 

Candidaturas ao incentivo da produção da feijoca

Encontram-se aberto o período de candidaturas ao incentivo à produção da feijoca nos termos do respetivo regulamento municipal.

Os interessados podem entregar o formulário de candidatura disponível na página Web do Município de Manteigas, em www.feijocademanteigas.pt ou nos serviços municipais, até ao dia 29 de fevereiro de 2016.



Mais info.. http://cm-manteigas.pt/candidaturas-ao-incentivo-da-producao-da-feijoca/

Covilhã, Seia e Manteigas querem sede do Geoparque da Serra da Estrela

Covilhã, Seia e Manteigas já manifestaram interesse em acolher a sede do futuro Geoparque da Serra da Estrela.


José Manuel Biscaia, autarca de Manteigas, admitiu que a vila é «candidata natural» e os argumentos não faltam. «Somos conhecidos por ser “o “coração da Serra da Estrela”, temos o Vale Glaciar e o município está totalmente integrado no parque natural», recorda o edil, que ressalva que o projeto de criação do Geoparque ainda está no início e que, quanto à sede, haverá «negociações a fazer com os nossos parceiros». Contudo, o presidente da autarquia espera que haja «bom senso» neste dossier. Entretanto, avisa que não vai querer a sede do Geoparque «se for só para ter cá um fax e um balcão de atendimento». José Manuel Biscaia diz que não quer «replicar o centralismo da Águas de Lisboa e Vale do Tejo, cuja sede está na Guarda mas não há lá ninguém que mande». 

Do outro lado da serra, Mário Jorge Branquinho, líder da bancada do PS na Assembleia Municipal de Seia, já veio a terreiro dizer que a sede deve ser reivindicada pela Câmara local. A existência na cidade da Escola Superior de Turismo e Hotelaria, do IPG; do CISE – Centro de Interpretação da Serra da Estrela; e a realização anual do CineEco, o único festival de cinema ambiental organizado em Portugal há mais de 20 anos, são algumas das razões invocadas para acolher o Geoparque. O dirigente acrescenta ainda a criação do futuro Seia Smart Mountains Living Lab, «a centralidade» da cidade e a «sua estratégia de desenvolvimento em torno do potencial da montanha, com exemplos dados num quadro de valorização de tradições culturais».

Também a Covilhã poderá entrar na corrida. No final de dezembro, o líder da bancada do PSD na Assembleia Municipal recomendou à Câmara que se «empenhem» na elaboração de uma «proposta vencedora» para receber a sede do Geoparque. Na altura, João Nuno Serra recordou que nesta estrutura vão trabalhar, «numa primeira fase, quadros técnicos responsáveis por esta candidatura». De resto, o deputado considerou «natural» que a Covilhã possa sediar este organismo, pois é «a principal porta de entrada na Serra da Estrela. O Geoparque Estrela, com mais de 2 mil quilómetros quadrados e aproximadamente 170 mil habitantes, inclui os municípios de Belmonte, Celorico da Beira, Covilhã, Fornos de Algodres, Gouveia, Guarda, Manteigas, Oliveira do Hospital e Seia. Estas autarquias e o Politécnico da Guarda estão a trabalhar numa candidatura para a classificação deste território pela UNESCO.

Fonte: Beira.pt

Manteigas promove Expo Estrela para divulgar potencialidades e cativar visitantes

A Câmara Municipal de Manteigas investe cerca de 65 mil euros no evento que vai na 23.ª edição.


O presidente da Câmara de Manteigas, José Manuel Biscaia, anunciou hoje que a autarquia vai promover a Expo Estrela – 2016, entre 6 e 9 de fevereiro, para dinamizar a economia local e captar visitantes.

Segundo o autarca, o evento ocorre no período do Carnaval, quando a região da Serra da Estrela acolhe milhares de visitantes, e inclui exposições, animação, um desfile de Carnaval e uma prova de queijo, entre outras iniciativas.

Com o certame, a realizar no edifício da Praça Municipal de Manteigas, a autarquia pretende dinamizar o tecido socioeconómico e divulgar os produtos daquele município do distrito da Guarda que está totalmente integrado na área do Parque Natural da Serra da Estrela.

José Manuel Biscaia referiu na conferência de imprensa de apresentação do certame, que este junta 58 expositores de artesanato, comércio, indústria, serviços, gastronomia e associativismo.

Como novidade, referiu que surge na edição deste ano uma pista de gelo, que ficará instalada, durante a duração do certame, no largo da Câmara Municipal.

“Achamos que vai ser uma forma de [o turista] visitar o frio diretamente na Serra da Estrela”, afirmou, adiantando que o espaço terá uma cobertura transparente, estará iluminado durante a noite e terá música ambiente.

Com a Expo Estrela a autarquia pretende “fidelizar a atractibilidade relativa às pessoas” que visitam o município, divulgar Manteigas, facilitar mercados e vendas e “provocar animação” no concelho “para dar alegria” aos residentes e aos visitantes, segundo José Manuel Biscaia.

Em relação à animação musical, adiantou que estão agendados espetáculos com Jorge Palma (dia 7 de fevereiro), grupo D.A.M.A. (08) e pela banda Boa União – Música Velha de Manteigas (6).

A Câmara Municipal de Manteigas investe cerca de 65 mil euros no evento que vai na 23.ª edição.


Fonte: Beira.pt
Reportagem: Local Visão TV

Jorge Palma e D.A.M.A na ExpoEstrela em Manteigas


De 6 a 9 de Fevereiro, o Município de Manteigas promove mais uma edição da ExpoEstrela – Mostra de Atividades e Feira de Artesanato.

Artesanato, comércio, indústria, serviços, associativismo, gastronomia e animação vão marcar presença durante quatro dias, em que o concelho de Manteigas mostra o que de melhor tem para oferecer a quem a visita.

O programa desta 23ª edição conta com atuações da  Banda Boa União “Música Velha”, Zumba Show e Cleto no dia 6 de Fevereiro (sábado).

No dia 7 de Fevereiro, Jorge Palma & Orquestra de Sopros “Música Nova” e “The Sweet Childreen” vão animar os presentes.

Os D.A.M.A e os “Funk Pop Music” serão os protagonistas da noite de 8 de Fevereiro.

O habitual desfile de Carnaval irá percorrer as ruas da vila serrana no dia 9 de Fevereiro.


Fonte: Beira.pt 
Facebook - Manteigas - O Coração da Serra da Estrela
 http://www.cm-manteigas.pt/

Manteigas lança Conselho Empresarial Municipal para estimular desenvolvimento

A Câmara Municipal de Manteigas anunciou hoje a criação de um Conselho Empresarial Municipal para estimular a participação dos munícipes na estratégia de criação de emprego e no desenvolvimento sustentável daquele concelho do distrito da Guarda.

O Conselho Empresarial Municipal (CEM) de Manteigas, cujo regulamento foi hoje publicado em Diário da República, surge da intenção da autarquia, presidida por José Manuel Biscaia (PSD), de “desenvolver uma política de participação da sociedade civil nas suas decisões”.

Com a criação do CEM, a autarquia pretende proporcionar aos munícipes “um espaço aberto ao debate das questões relativas ao desenvolvimento económico” deste concelho situado no “coração” da Serra da Estrela.

“Pretende-se, ainda, ouvir e acolher as opiniões e eventuais soluções encontradas, corporizando, a nível concelhio, um instrumento de diálogo e debate de problemas, ideias e propostas com vista a ajudar a Câmara Municipal na gestão e desenvolvimento das políticas económicas e empresariais”, lê-se no documento.

A autarquia de Manteigas explica que, à semelhança do que foi feito em relação à participação dos jovens com a criação do Conselho Municipal da Juventude, pretende-se, agora, “criar um conselho consultivo de forma indutora para apresentar propostas de desenvolvimento económico, que visem, entre outros, a criação de emprego e o desenvolvimento sustentável”.

Ao novo órgão consultivo do município compete desenvolver e apresentar pareceres, sugestões, recomendações e propostas sobre assuntos relacionados com a temática inerente ao desenvolvimento económico e empresarial de Manteigas.

O CEM é constituído pelo presidente da Câmara Municipal de Manteigas ou vereador com competência delegada e por representantes locais dos setores primário, secundário e terciário e da economia social.

Têm ainda assento no novo órgão representantes da Associação do Comércio e Serviços do Distrito da Guarda, da Associação Empresarial da Região da Guarda – NERGA e do Instituto de Emprego e Formação Profissional.

Quanto ao funcionamento, o regulamento define que reunirá ordinariamente quatro vezes por ano e extraordinariamente sempre que for convocado pela autarquia.

O concelho de Manteigas é o mais pequeno do distrito da Guarda, com cerca de 3.700 habitantes, que estão dispersos pela sede e pelas freguesias rurais de Sameiro e de Vale de Amoreira.

Fonte:  Beira.pt 
 

Primeiro nevão do ano deixa estradas cortadas na Serra da Estrela

Vila Real, Bragança, Viseu, Guarda e Castelo Branco estão sob 'Aviso Amarelo' devido à queda de neve acima dos 800 metros.


A estrada Piornos-Torre-Lagoa Comprida, na Serra da Estrela, foi encerrada ao trânsito às 04:30 de hoje devido à queda de neve, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Castelo Branco.

De acordo com a mesma fonte, o fecho da estrada nacional 338 abrange os troços 11, 12 e 13, entre Piornos e o cruzamento para a Torre, acesso à Torre e cruzamento da Torre para a Lagoa Comprida.

A mesma fonte adiantou ainda que pelas 05:30 foi também cortado o acesso da nacional 338 entre Loriga (Seia) e a Lagoa Comprida e também o troço número dois na Estrada Nacional 339, entre Lagoa Comprida e o Sabugueiro.

Segundo o Comando distrital de operações de socorro (CDOS) de Castelo Branco, e com base nas informações transmitidas pelo Centro de Limpeza de Neve, não há previsão para a abertura das vias.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou hoje sob 'Aviso Amarelo' os distritos de Vila Real, Bragança, Viseu, Guarda e Castelo Branco devido à queda de neve acima dos 800 metros entre as 02:00 de hoje e as 00:00 de quarta-feira.

O 'Aviso Amarelo', o terceiro mais grave numa escala de quatro níveis, alerta para situações de risco para determinadas atividades dependentes das condições meteorológicas.

O IPMA prevê para hoje no continente períodos de céu muito nublado, aguaceiros, que serão de neve acima de 800 metros nas regiões norte e centro, sendo fracos e pouco frequentes na região sul, e condições favoráveis à ocorrência de trovoada e granizo nas regiões norte e centro, em especial até ao meio da tarde.

A previsão do instituto aponta também para vento fraco a moderado de noroeste, soprando temporariamente moderado a forte no litoral oeste e nas terras altas com rajadas até 80 quilómetros por hora, neblina ou nevoeiro matinal em alguns locais e descida de temperatura.

Em Lisboa, as temperaturas vão oscilar entre 11 e 13 graus Celsius, no Porto entre 8 e 11, em Viana do Castelo entre 7 e 11, em Braga entre 6 e 11, em Vila Real e Viseu entre 3 e 6, em Bragança entre 2 e 6, na Guarda entre 2 e 3, em Castelo Branco entre 6 e 9, em Coimbra entre 7 e 10, em Leiria entre 8 e 12, em Santarém entre 9 e 13, em Portalegre entre 5 e 7, em Évora entre 8 e 11, em Beja entre 8 e 12 e em Faro entre 11 e 16.

Fonte:  Diário de Noticias

Um ferido após despiste de limpa neves na Serra da Estrela

Ainda não há neve na Serra da Estrela mas a formação de gelo na estrada e a má visibilidade representam um perigo para os condutores. 


O condutor de um limpa neves ficou ferido sem gravidade depois de o veículo em que seguia se ter despistado e caído numa ribanceira na Serra da Estrela.


Segundo a SIC, a máquina espalhava sal-gema na estrada quando, devido ao gelo, terá perdido a aderência, derrapado e partido os railes de proteção.
Acabou por cair 10 metros, levando à projeção do condutor, que foi assistido no hospital da Covilhã.
Fonte: Noticias ao Minuto
Video CMTV

Lotação quase esgotada para o fim de ano na Serra da Estrela

A Serra da Estrela é um dos destinos mais procurados para a última noite de 2015. Os hotéis da região já têm lotação esgotada, ou quase esgotada, para a passagem de ano.

"O fim de ano na Serra da Estrela continua a ser um dos maiores ex-líbris para esta data e as reservas começam a ser feitas muito antes e numa altura em que não se sabe se haverá ou não neve", diz Rui Abrantes, director das unidades hoteleiras da Turistrela.

"Estamos com o Hotel dos Carqueijais com 95%, o Hotel Serra da Estrela com 90% e os chalés de montanha com 90%, mas com certeza que iremos esgotar, porque a procura é sempre muita", acrescenta Rui Abrantes sobre as unidades da Turistrela, com capacidade para 600 pessoas.

Os preços praticados na região para esta data estão entre os mais caros de Portugal, "a par da Madeira ou do Algarve". Nos hotéis da Turistrela, os valores variam entre os 700 euros, duas noites para duas pessoas, e os quase 4 mil euros, para o programa de duas noites no chalé presidencial, que tem capacidade para oito pessoas.

O H2otel Congress & Medical SPA, em Unhais da Serra, com 90 quartos, entre os quais 17 suítes, e com capacidade para 250 pessoas, oferece um pacote para três noites, também a partir de 700 euros por pessoa. É sempre o primeiro hotel do grupo IMB Natura a ficar preenchido e está esgotado há mais de dois meses.

"Na Covilhã já estamos lotados e na Guarda a taxa já ronda os 80% de ocupação, o que representa uma melhoria muito substancial, em linha com o que tem estado a verificar-se em termos genéricos na hotelaria", refere Luís Veiga, administrador do grupo IMB.

Na Pousada Serra da Estrela, construída no antigo Sanatório dos Ferroviários, também já não é possível fazer reserva para nenhum dos 92 quartos.

Sem qualquer quarto disponível para o réveillon está também o Hotel Eurosol de Seia, onde as reservas começaram a ser feitas a partir de Setembro, segundo Miguel Camelo, responsável pela unidade.

"Na passagem de ano, esta é uma marca que vende e até com preços bastante diferentes daqueles que praticamos noutras épocas do ano e até noutros dias do inverno", afirma.

Fonte: Sabado.pt 

GNR Montanha e Bombeiros procuram mulher desaparecida na Serra da Estrela

Desaparecida tem nacionalidade alemã e nas operações de busca estão envolvidos 32 homens e 11 viaturas dos Bombeiros Voluntários

Os bombeiros e a GNR estão a proceder hoje a buscas para tentar encontrar uma mulher desaparecida na Serra da Estrela, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda.

Atualização....

Suspensas buscas por mulher desaparecida na Serra da Estrela

Vão ser retomadas esta quinta-feira, segundo comandante operacional do Comando Distrital de Operações e Socorro da Guarda.

As buscas para tentar encontrar uma mulher desaparecida na Serra da Estrela vão formalmente ser suspensas às 20:00 desta quarta-feira e e recomeçam na quinta-feira, disse o segundo comandante operacional do Comando Distrital de Operações e Socorro da Guarda.

"As equipas estão agora a começar a ser desmobilizadas, porque com o anoitecer não há condições de visibilidade para se continuar no terreno", explicou José António Oliveira, pelas 19:10, acrescentando que os trabalhos serão retomados na quinta-feira às 08:00.

O alerta relativo ao desaparecimento da mulher, na zona de Vale do Rossim, no concelho de Gouveia, distrito da Guarda, foi dado hoje pelas 13:15 pelos vigilantes do parque de campismo local.

Segundo José António Oliveira, a mulher é de nacionalidade alemã, terá 74 anos e foi vista pela última vez na segunda-feira, cerca das 14:00.

"A informação de que dispomos é de que a senhora foi vista à saída do parque de campismo. Estaria sozinha e não regressou, sendo que a autocaravana ainda está no mesmo local", referiu.

A fonte especificou ainda que "até ao momento não há certezas sobre o que terá acontecido".

Ao longo de toda a tarde, as buscas decorreram a cerca de 1.600 metros de altitude, em zona de mato e floresta e com uma orografia bastante difícil, o que dificulta os trabalhos e impossibilita a sua continuidade durante a noite.

Segundo o responsável, com o retomar dos trabalhos, na quinta-feira, a área das buscas "deverá ser alargada".

As operações envolveram cerca de 40 operacionais dos Bombeiros Voluntários de Gouveia, São Romão e Covilhã, da Brigada de Montanha da GNR e da Força Especial de Bombeiros.

Estradas

Informação da responsabilidade das Estradas de Portugal.
Caso estas informações não estejam actualizadas, consulte o site: www.estradas.pt